10/12/2012

Quem tem medo da Cruz?


Depois da moderna Holanda, agora é a vez da avançada Suécia prosseguir a guerra cultural contra o Cristianismo. A partir de agora, os professores suecos estão proibidos de mencionar o nome de Jesus Cristo durante o Natal. Situação que se torna ainda mais ridícula quando se sabe de antemão que durante o Advento é comum realizarem-se visitas de estudo a igrejas.
A notícia relembra ainda que a eliminação de referências a Jesus Cristo não é nova, e dá o exemplo da Comissão Europeia, cujos diários escolares fazem alusão a festividades muçulmanas, hindus, sikhs, etc. mas excluem o Natal ou a Páscoa.

4 comentários:

FireHead disse...

É a profetizada apostasia no seu melhor.

Reaccionário disse...

Só o Diabo tem medo da Cruz. Deve ser esse o caso...

João Vaz disse...

É o que dá também a UE ser chefiada por ex-maoístas e estalinistas que nunca perderam a ess~encia em que se formaram.

Anónimo disse...

O trabalho de sapa continua até à vitória final. O comentador João Vaz tem razão.
Aí está o mundialismo a avançar a todo o gáz. Para isso tem vindo a colocar desde há muito tempo à frente dos governos de todos os países soit disant democráticos e de poderosas organizações políticas (e não políticas) internacionais, os seus homens de absoluta confiança. Se verificarmos bem todos esses dirigentes vieram da esquerda que se auto-classifica de moderada mas marxista e portanto radical na sua essência e das extremas esquerdas estalinista e maoista..., senão atente-se em Durão Barroso e em muitos outros.

Sobre o trabalho de sapa, será que atingirá o fim diabólico a que se propõe? Deus queira que não, mas nunca fiando. É isso que estaremos cá para ver.
Maria