16/01/2013

Fora da Igreja não há Salvação


A Santíssima Igreja Romana crê firmemente, professa e prega que nenhum dos que existem fora da Igreja Católica, não só pagãos como também judeus, heréticos e cismáticos, poderá ter parte na vida eterna; mas que irão para o fogo eterno que foi preparado para o demónio e os seus anjos, a não ser que a ela se unam antes de morrer; e que a unidade deste corpo eclesiástico é tão importante que só aqueles que se conservarem dentro desta unidade podem aproveitar-se dos sacramentos da Igreja para a sua salvação, e apenas eles podem receber uma recompensa eterna pelos seus jejuns, pelas suas esmolas, pelas suas outras obras de piedade cristã e pelos deveres de um soldado cristão. Ninguém, por mais esmolas que dê, ninguém, mesmo que derrame o seu sangue pelo Nome de Cristo, pode salvar-se, a não ser que permaneça no seio e na unidade da Igreja Católica.

Papa Eugénio IV in «Bula Cantate Domino».

1 comentário:

FireHead disse...

Que ninguém se salva fora da Igreja Católica é um dogma, mas não quer dizer que alguém que nunca teve contacto com a Igreja de Cristo esteja automaticamente condenado. Se a ignorância dum não-católico for invencível, ficar-lhe-á a valer a lei natural que rege o coração.