24/03/2013

Os frutos do Ateísmo


Ele encontra-se em toda a parte e no meio de todos: sabe ser violento e astuto. Nestes últimos séculos tentou realizar a desagregação intelectual, moral e social da unidade no organismo misterioso de Cristo. Ele quis a natureza sem a graça, a razão sem a fé; a liberdade sem a autoridade; às vezes a autoridade sem a liberdade. É um "inimigo" que se tornou cada vez mais concreto, com uma ausência de escrúpulos que ainda surpreende: Cristo sim, a Igreja não! Depois: Deus sim, Cristo não! Finalmente o grito ímpio: Deus está morto; e, até, Deus jamais existiu. E eis, agora, a tentativa de edificar a estrutura do mundo sobre bases que não hesitamos em indicar como principais responsáveis pela ameaça que pesa sobre a humanidade: uma economia sem Deus, um direito sem Deus, uma política sem Deus.

Papa Pio XII in Discurso «Nel contemplare» de 12 de Outubro de 1952.

3 comentários:

Reaccionário disse...

Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo. (Mateus 6:33)

Anónimo disse...

Palavras sábias e premonitórias, atendendo a como se vem desenrolando o mundo de há largas décadas a esta parte.
Maria

Reaccionário disse...

Quanto mais o Homem se afasta de Deus, mais a vida vai ficando insuportável.