25/04/2014

Oração Democrática


Há tantos judas vivos, que a minha ciência
não consegue explicar, de nenhuma maneira,
se os judas estão vivos por inconsciência
ou se por cada um não ter sua figueira.

Uni-vos! Proletários de herdades colectivas,
que entreteneis o ócio em meio de azinhais:
mandai a educação política às ortigas
e plantai, sem demora, cem mil figueirais.

Gil Roseira Cardoso Dias in «Leva de Abril».

2 comentários:

Gil Roseira Cardoso Dias disse...

Fico-vos muito agradecido (e ligeiramente vaidoso) por terem publicado a minha opção democrático.

Até sempre, aqui e na Eternidade.

GRCD

Reaccionário disse...

Sr. Gil Roseira Cardoso Dias,

Não tem que agradecer. Eu é que agradeço este belo poema, a par de outros no mesmo livro.

Saudosos cumprimentos!