31/05/2015

Repreender ou não repreender?


Um liberal dito católico costuma dizer que repreender um superior em público é necessariamente pecar contra o 4º Mandamento. Segundo o sujeito, as repreensões devem ser sempre em privado. São Tomás de Aquino, Doutor da Igreja, discorda:

Deve observar-se, porém, que se a Fé estiver em perigo, um subordinado deve repreender o seu prelado, mesmo publicamente. Por isso, Paulo, que estava sujeito a Pedro, o repreendeu em público, devido ao perigo iminente de escândalo com respeito à Fé.
São Tomás de Aquino in «Summa Theologica», Parte II-II, Questão 33, Artigo IV.

Não confundir, porém, uma repreensão legítima com desonra. Essa, sim, seria pecado.

Sem comentários: