16/05/2016

O mundo e a mediocridade

Andar na corda bamba.

O mundo gosta do que é medíocre, e assim é que tanto odeia o que é extremamente bom, como o que é demasiadamente mau. O que é muito bom, constitui vergonha para o medíocre, e o que é muito mau afigura-se-lhe aborrecimento e até perigo.

Mons. Fulton Sheen in «As Sete Palavras da Cruz».

Sem comentários: