21/10/2016

Para salvar o mundo, há que salvar as almas


Se as almas não forem salvas, nada se salvará. Não poderá haver paz no mundo, se não houver paz de alma. As guerras mundiais não passam de projecções dos conflitos travados dentro das almas dos homens modernos, pois nada acontece no mundo exterior que não haja primeiro acontecido dentro de uma alma.

Mons. Fulton Sheen in «Angústia e Paz».

Sem comentários: