16/01/2015

Pode um católico pertencer ao Rotary Club?


Segundo os próprios rotários, o Papa Francisco é membro honorário do Rotary Club de Buenos Aires desde 1999. Mas impõe-se a questão: Pode um católico pertencer ao Rotary Club? Vejamos o que diz o Santo Ofício:

Foi perguntado a esta Suprema Sagrada Congregação se é lícito aos católicos darem o seu nome à associação vulgarmente chamada Rotary Club.
Os Eminentíssimos e Reverendíssimos Senhores Cardeais que estão à frente das coisas relativas à Fé e velam pela conservação dos costumes, tendo ouvido o voto dos Reverendíssimos Senhores Consultores, na sessão plenária havida na terça-feira, 20 de Dezembro de 1950, determinaram responder:
Não é lícito aos clérigos darem o seu nome à associação Rotary Club ou assistirem às suas reuniões; os seculares são exortados a cumprirem o que se ordena no cânone 684 do Código de Direito Canónico.
No dia 26 do mesmo mês e ano, o Sumo Pontífice Pio, pela Divina Providência Papa XII, na audiência concedida ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Assessor do Santo Ofício, aprovou a resolução dos Eminentíssimos Padres e mandou publicá-la.

Dado em Roma, no Palácio do Santo Ofício, a 11 de Fevereiro de 1951.
Mário Mariani, notário da Suprema Sagrada Congregação do Santo Ofício.

O referido cânone 684 diz: São dignos de louvor os fiéis que dão o seu nome às associações que a Igreja promove ou que, pelo menos, têm a sua aprovação; porém, acautelem-se das sociedades secretas, condenadas, sediciosas, suspeitas ou que procurem subtrair-se à legítima vigilância da Igreja.

7 comentários:

Anónimo disse...

Soube?
https://www.youtube.com/watch?v=WehqTwn600Q

Cobalto

Anónimo disse...

Parece que Deus permite que as bergogliadas,que tanto escandalizam os católicos e atraem a simpatia dos mais mortais inimigos da Igreja, se façam para que finalmente todos os católicos percebam o óbvio:o Trono de São Pedro está vago.

Reaccionário disse...

Julgo que nestes links encontrará a resposta para o sedevacantismo:

http://accao-integral.blogspot.pt/2014/09/sedevacantismo-e-liberalismo-duas-faces.html

http://ascendensblog.blogspot.pt/search/label/Sedevacantismo

Felipe Marques disse...

Muito prezados amigos, Salve Maria!
Tudo certo?
Bem, que informação valiosa vocês nos trouxeram sobre a relação do Bergoglio com o Rotary, mas diante disso eu me pergunto como os católicos devem proceder? As proibições do magistério sugerem por assim dizer uma espécie de punição? Um abraço cheio de Deus meus amigos.

Felipe Marques disse...

Muito prezados amigos, Salve Maria!
Como devemos proceder diante disso? Isso implica perda de pontifício excomunhão L.S.? Não valeria para o Rotary as mesma condenações do Papa Leão XIII a maçonaria?
Um abraço cheio de Deus meus irmãos. Que interessante essas informações irei pesquisasr sobre e o assunto!

Felipe Marques disse...

Só corrigindo o meu comentário ao post. HIPOTÉTICAMENTE não seria um caso de perda de pontificado mas de nulidade na eleição já que o prêmio do Rotary - entidade ligada a maçonaria - foi dado a ele em 2005, portanto antes da eleição, agora, isso não quer dizer que ele seja membro do Rotary, mas ele não poderia ter aceito o prêmio. Eu não conheço muito bem o código de direito canônico, porém, a quantidade de encíclicas, bulas e outros documentos condenando a associação de católicos as chamadas sociedades secretas e discretas como; a maçonaria os carbonários, o Syllon e outros, É ENORME, o pronunciamento do magistério é bem claro quanto a isso. Notem queridos amigos, NÃO ESTOU DIZENDO QUE É, MAS APENAS QUE ME PARECE MOTIVO DE EXCOMUNHÃO.

Reaccionário disse...

Caro Felipe Marques,

Para além dos links que já disponibilizei no comentário anterior, creio que o texto que se segue de Dom Richard Williamson poderá ajudar a compreender melhor o problema:

http://borboletasaoluar.blogspot.pt/2014/02/comentarios-eleison-ansiedade.html