12/04/2015

Como agir perante um mau Papa?


Assim como é lícito resistir ao Pontífice que agride o corpo, é também lícito resistir ao que agride as almas ou que perturba a ordem civil, ou, acima de tudo, que tenta destruir a Igreja. Digo que é lícito resistir-lhe, não fazendo o que ele ordena e impedindo que as suas ordens sejam executadas; não é lícito, porém, julgá-lo, castigá-lo ou depô-lo, porque estes actos competem a um superior.

São Roberto Belarmino in «De Romano Pontifice», Livro II, Capítulo 29.

2 comentários:

Anónimo disse...

O que pode significar "Assim como é lícito resistir ao Pontífice que agride o corpo"? Que agressão seria esta?

Reaccionário disse...

Um Papa que tentasse matar, por exemplo.