23/09/2015

Por que razão o Ocidente não gosta de Bashar al-Assad?


Algumas das razões mais importantes:

1. Na Síria, a lei islâmica não tem liberdade judicial.
2. Na Síria, a religião cristã goza de liberdade pública.
3. Na Síria, o Estado é detentor da única empresa petrolífera.
4. Na Síria, o Banco Central controla todas as operações de câmbio e comércio externo.
5. A Síria não tem dívidas ao Fundo Monetário Internacional.
6. A Síria tem uma política externa anti-sionista.
7. A Síria faz parte do movimento não-alinhado.
8. A Síria tem boas relações políticas e económicas com a Rússia e o Irão.

E para terminar, peço-vos que vejam o vídeo que se segue:

9 comentários:

Thor disse...

exacto.
eu gosto do Assad e considero-o praticamente dos nossos.
ele nem sequer islâmico é.

e o 'Ocidente' só não gosta dele porque quem controla a informação são os Rothschilds, e como a Síria (ainda) não tem banco central Rothschild, convém difamar o Assad, inventar calúnias, mentiras, atrocidades, etc
gaseia o próprio povo bla, bla, bla
e o Saddam também tinha armas de destruição maciças, bla, bla, bla

http://www.sott.net/image/s6/138885/full/tumblr_mew590Q3qv1rid1j1o1_128.jpg


mas não é só o Banco Central, ou o FMI ou o petróleo, reaccionário.

é que a Síria está a estorvar os planos deles para construir uma Grande israel.
já ouviu falar? veja o mapa:
http://4.bp.blogspot.com/-afUJKB0dORI/U4kH2w0CDSI/AAAAAAAABGA/DHUjFg6Pnwc/s1600/grande_israel.jpg

é expansionismo sionista, reaccionário. por isso é que eles andam a destruir e 'esvaziar' a Síria.
a crise dos refugiados é isso mesmo. é expansionismo israelita e destruição/desertificação da Síria, ou pensa que o Estado Islâmico é mesmo comandado por islâmicos? aquilo é uma criação Cia e mossad.

Anónimo disse...

Está desempregado?
Ou quer fazer serviço extra ou nas horas vagas?
Tem agências contratando "manifestantes profissionais".

Are you unemployed?
Or want to do extra service or in their spare time?
It has agencies hiring "professional protesters".
http://www.medias-presse.info/payes-pour-acclamer-les-immigres-a-leur-arrivee-encore-une-manipulation-devoilee/39319?lang=pt

Cobalto

Pedro Lopes disse...

"eu gosto do Assad e considero-o praticamente dos nossos."

Até nos meios de desinformação ocidentais apareceu em tempos uma sondagem em que o Assad tinha 70% de apoio popular. E isto já depois de ter começado a guerra e accionados os meios de propaganda sionistas do costume. Nas manifestações populares de apoio ao regime Sírio vemos uma população sem grandes vestígios de obscurantismo islamico, ou seja não vemos burkas, nem barbas etc. Parecem pessoas mais civilizadas e mais parecidas aos europeus.

"Estado Islâmico é mesmo comandado por islâmicos? aquilo é uma criação Cia e mossad."

Eu até tenho outra desconfiança. Não a posso provar, mas tenho um certo "felling" (desculpem o inglesismo) que "Guantánamo" não é propriamente uma prisão para terroristas, mas sim um centro de treino e formação militar e lavagem cerebral.

Como é que se explica que os "populares" que fizeram as revoltas na Síria e Líbia pudessem estar organizados e em poder de tanto armamento?
O Obama disse que o ia fechar, não fechou, porquê?
Será que deram jeito para derrubar o Kadafi e tentativa de derrubar o Assad?

Josephvs disse...

ObamaNation
No entanto o FBI quer saber realmente o Q se passou em Bengazi!
A donna Hilary apagou os emails..... ( o embaixador foi... as armas acabaram nas maos dos opositores do regime Sirio especialmente o ISIS )

Josephvs disse...


http://news.yahoo.com/saudi-fm-assad-must-face-military-option-212903639.html

Anónimo disse...

Por motivos que não vêm ao caso só agora fui ver este vídeo. Simplesmente espantoso tendo em conta o tema em debare. A frontalidade do interlocutor em Londres não só é assombrosa como tudo quanto diz é a mais pura das verdades. Acusar os governantes norte-americanos presentes e passados de criminosos e psicopatas (sim, porque é da prática de crimes gravíssimos, autênticos genocídios, contra povos e Nações independentes, com a assinatura semi-encoberta das organizações de defesa, militares e para-militares do país, que se trata) é de Homem. É preciso muita coragem, rectidão de carácter, total independência ideológica, uma formação moral superior e uma inabalável procura da verdade, denunciando as mentiras clamorosas do sistema, para se ser tão corajoso e determinado ao lançar um libelo acusatório de tal modo violento que, sendo-o, é não obstante e em simultâneo genuìnamente verdadeiro.

Anónimo disse...

O Comentário acima é meu. Pelo facto de um modo geral escrever em espaços que registam automàticamente o nome do comentador, eis porque me esqueci de o fazer. Peço desculpa.
Maria

Kamikaze disse...

Só para dizer que estou 100% de acordo.

Lina Martins disse...

Na mouche!!