30/08/2017

A espanholização económica de Portugal


Segundo o estudo "Participação Estrangeira no Capital das Empresas Portuguesas", realizado pela consultora Informa D&B em 2016, o capital espanhol é o mais presente na economia portuguesa, com os espanhóis a controlarem 1843 empresas no valor de 90,3 mil milhões de euros (dois terços deste valor está na Banca).

Para se ter uma ideia do domínio espanhol na economia portuguesa, os quatro países estrangeiros que se lhe seguem (França, Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha), todos juntos, não chegam ao volume que Espanha representa.

Tudo somado, o valor destas participações estrangeiras ascende a 170 mil milhões de euros, praticamente 95% do PIB português.

O estudo foi divulgado no dia em que o banco espanhol CaixaBank lançou uma oferta pública de aquisição sobre o BPI.

A consultora Informa D&B é detida pela CESCE, sociedade anónima participada maioritariamente pelo Estado Espanhol.

5 comentários:

Anónimo disse...

Aqui no supermercado da rua o dono é português, mas os produtos (piores e mais baratos) são espanhóis. Os outros supermercados com produtos bons e nacionais estão com dificuldades.

Reaccionário disse...

Obrigado pelas suas palavras. Infelizmente todos nós somos testemunhas dessa triste realidade.

Pedro Oliveira disse...

aqui a mesma coisa.
Alguém sabe dizer ao certo o que é a marca "amanhecer"!?

Reaccionário disse...

Ao que pude apurar, a marca Amanhecer pertence ao Grupo Jerónimo Martins.

Pedro Oliveira disse...

Isto haveria que haver uma instituição que permitisse aos consumidores saber a real origem dos produtos, da empresa, e não apenas o distribuidor ou local de empacotamento!