09/09/2015

Eurábia


A civilização europeia, à semelhança da Igreja Católica, está a morrer porque sofre do vírus da culpabilização, esse vírus potente de que Sun Tzu (estratego militar chinês) já falava. A Europa sente ódio por si mesma. A Europa tem medo, está velha e decide unilateralmente que não quer ter inimigos. É um continente hedonista e relativista. Em sentido contrário, o islão é vigoroso e não oferece dúvidas – o segredo do crescimento de uma religião é mesmo esse: oferecer certezas e não dúvidas. Esta fragilidade psicológica europeia, aliada à dependência económica e energética de antigos países colonizados, ajudam à formulação da Eurábia. A Eurábia é esse futuro que resulta do convite constante à islamização. Que ninguém tenha dúvidas: não há nada que tente mais a agressividade islâmica, que a nossa debilidade.

21 comentários:

Anónimo disse...

Eles "andem" aí - http://lesalonbeige.blogs.com/my_weblog/2015/09/28-ob%C3%A9diences-ma%C3%A7onniques-europ%C3%A9ennes-unies-en-faveur-des-immigrants.html

Reaccionário disse...

Pois, 28 obediências maçónicas a favor da imigração para a Europa... Ou não fosse a maçonaria de natureza pluralista, indiferentista e sincretista.

João José Horta Nobre disse...

Gosto deste blog, tem muitos conteúdos interessantes. Só não gostei da ligeira tendência anti-semita que tem, mas de resto é um blog interessante.

Atenção, não fiquem a pensar que sou algum pró-zionista fanático, nada disso, simplesmente não vejo é onde está o ganho em odiar judeus...

Já adicionei este blog à minha lista de blogs.

Reaccionário disse...

João José Horta Nobre,

Só a verdade me importa. E a verdade não é, nem anti-semita, nem filo-semita. Mas tanto são semitas os judeus, os árabes, os arameus, os assírios, os malteses, etc. Portanto, ser anti-semita é ser contra todos os povos semitas, a não ser que apenas considere os judeus como povo semita.

Agora, mostre-me onde lhe parece que fui contra os povos semitas e odeio os judeus, para que isso não se afigure aqui como pecado de calúnia.

João José Horta Nobre disse...

Espero que não tenha ficado chateado comigo, para chatices já me basta a violenta discussão que tive no blog do Nonas pelo mesmo motivo...

Só não vejo onde está o ganho para a causa nacionalista em negar ou minimizar o Holocausto:

http://accao-integral.blogspot.pt/2012/10/as-estatisticas-do-holocausto.html

Reaccionário disse...

O problema não está em ficar ou não chateado. O problema está em saber se a acusação é ou não caluniosa.

Negar ou duvidar de um determinado acontecimento histórico, como o chamado holocausto, não é por si só razão para se acusar alguém de anti-semitismo ou ódio pelos judeus. Pelo contrário, o maior defensor dos judeus é quem os corrige, é quem os leva à verdade, não é quem os bajula ou permite que os erros deles triunfem. Uma das mais belas formas de caridade faz-se pela correcção fraterna.

Sobre o pretenso "ganho" para a Causa Nacional, digo-lhe que como católico e português, eu não me guio por efeitos ou resultados, mas sim por princípios. Eu coloco a verdade acima dos "ganhos". Portanto, eu não tenho qualquer ambição de conquistar as simpatias e os agrados do mundo.

João José Horta Nobre disse...

Não concordo que ninguém seja perseguido só por duvidar do holocausto, mas pessoalmente considero ridículo que se negue um acontecimento que para mim é historicamente inquestionável.

Mas sejamos francos, este blog chama-se "acção integral", foi ou não foi o Mestre do integralismo lusitano, o Sr. António Sardinha, que disse que "o anti-semitismo não é senão a revolta sagrada, a indignação justíssima, dos elementos nativos do país contra a gestão absorvente dos banqueiros israelitas nas engrenagens da governança"?

A mim não me interessa sequer se os banqueiros são israelitas ou não, na minha opinião deviam de ser todos presos e toda a banca nacionalizada. Sejam eles cristãos, hindus, muçulmanos, judeus ou outra tralha qualquer. Um banqueiro é um banqueiro, vive da usura e do roubo legalizado e por isso mesmo não me interessa a religião do mesmo.

Reaccionário disse...

O link que indicou sobre as estatísticas do holocausto, está longe de ser ridículo. Pelo contrário, contém dados muito relevantes e que põem em causa a narrativa oficial sobre o holocausto. A juntar a isso, temos várias publicações de vários especialistas que demonstram a impossibilidade factual do holocausto. Mas o que eu não compreendo é como pode considerar o holocausto inquestionável e simultaneamente considerar legítimo que se duvide dele?

Este blogue chama-se Acção Integral, não se chama Acção Integralista Lusitana. Por isso tenho um esclarecimento na barra lateral que diz: «Este blogue não está comprometido com nenhum grupo histórico ou actual. Não dogmatizamos autores ou movimentos. Aceitamos o que deve ser aceite e rejeitamos o que deve ser rejeitado. A nossa única certeza é a Doutrina Católica e é através dela que tudo deve ser avaliado.»

Obviamente que interessa saber se a banca tem ou não origem judaica, ou se é ou não manobrada pelos judeus. É impossível compreender o problema da banca sem compreender o Judaísmo, mais concretamente o Talmude. Retirar os judeus da equação, seria encarar o problema de uma forma demasiado simplista, deturpando o resultado.

Como católico não defendo a nacionalização da banca. A banca privada pode perfeitamente existir. O que não pode existir é o crime. E para isso basta proibir os bancos de emitirem dinheiro falso (crédito bancário) e de praticarem o crime de usura (cobrança de juros). O banco deve voltar à sua função original de depósito de poupanças.

Thor disse...

Reaccionário,

não acredite nesse fanático sionista João José Horta Nobre.

quando ele diz que não é um fanático pró-zionista mente com todos os dentes da boca, pois foi justamente este 'sujeito' que foi ao meu espaço insultar-me e desejar que eu levasse um tiro de canhão do Merkava, que como toda a gente sabe, é um tanque israelita.

então o sujeito deseja que um Português étnico como eu, morra com um tiro de um tanque israelita e não é pró-zionista fanático???

nem o Netanyahu é tão pró-zionista fanático como esse demente.
aliás, mesmo que o Netanyahu desejasse a mesma coisa, ao menos não era um traidor.
agora, esse demente é traidor e sionista FANÁTICO.
a menos que seja de origem judaica, o que até é bastante possível.

seja como for, esta mania de andar a fazer proselitismo do holoconto neste e noutros espaços, já diz tudo sobre o suposto 'não-sionismo' fanático do indíviduo.

concordo 100% com o reaccionário.
isto não é uma questão de 'ganho'. é uma questão de verdade.
a verdade está primeiro que tudo.
e também há ganho, na medida em que não permitimos mais que ideologias como o Nacional-Socialismo alemão (que é NACIONALISTA) sejam difamadas com crimes inexistentes e crimes que não cometeram.

não deixa de ser irónico que um indíviduo que ridiculamente se auto-intitula de 'historiador' (risos) despreze tanto a verdade, a história e as meta em segundo plano face ao que entende serem 'estratégias' ou 'ganhos'.

eu pensei que os historiadores buscassem a verdade. mas afinal há historiadores e 'historiadores'. (gargalhadas)

de resto, ninguém odeia os judeus só por eles serem judeus, ou 'porque sim'.
os judeus é que nos odeiam e sempre odiaram ao ponto de nos quererem exterminar.
e é por isso que somos anti-judeus.
ódio com ódio se paga.
nós simplesmente temos instinto de auto-defesa, pois não aceitamos ser escravos do sionismo de boa vontade.

além de os judeus não serem os únicos semitas e de até estarem muito misturados com sangue turco-khazar, os próprios judeus são anti-semitas de verdade, na medida em que matam constantemente semitas palestinianos, iraquianos, libaneses, sírios, e etc

Thor disse...

mas esta coisa do 'anti-semitismo' como (pseudo)-'argumento', como se os judeus fossem alguns indefesos pobrezinhos que são odiados apenas 'porque sim' e por fanatismo irracional, como se eles não fossem os maiores criminosos à face da terra desde sempre e fossem uns puros, é realmente nojenta.

como se os judeus não tivessem inventado o comunismo, exterminado milhões, destruído países inteiros, bombardeado Dresden e Hamburgo, usado a bomba atómica no Japão, exterminado milhões no Holodomor, nos campos de concentração do Eisenhower (plano Morgenthau), roubado triliões através da usura, roubo, fraudes bancárias, criado miséria, desemprego, etc
como se os judeus não controlassem 80% da riqueza mundial, não controlassem a Reserva Federal, o Goldman Sachs, Wall Street, o FMI, o BCE, como se não controlassem Hollywood, a CNN, a Fox News, a ABC, a Viacom e MTV, como se não controlassem 96% dos média mundiais através de 6 corporações, como se não tivessem feito o 11 de Setembro, como se não tivessem criado o marxismo cultural, o liberalismo, a União Europeia, como se não tivessem morto o Czar, o Kennedy, o Lincoln, como se não tivessem feito Pearl Harbour, o Lusitania e criado 2 guerras mundiais sanguinárias apenas para tirar a Palestina à Turquia e criar israel.
como se não tivessem invadido o Iraque, o Afeganistão e a Síria, como se não tivessem criado o Isis, como se não tivessem bombardeado a Sérvia e traficado droga no Kosovo. como se o Chabad Lubavitch não fosse judaico, e as máfias nova-iorquinas (Kosher Nostra) idem, como se os planos Kalergi, Morgenthau, Nizer, Hooton, Kaufman, etc, não fossem judeus.
como se o judeu Kissinger não tivesse morto milhões no Vietname e Cambodja, além de fazer golpes de estado pelo Mundo. como se Lénine, Estaline, Kruschev, Brezhnev, Andropov e Gorbachev não fossem todos judeus, como se os Rothschilds, os Rockefellers, os Morgans e etc, não fossem judeus, como se a maçonaria e cabala não fossem judaicas. como se os judeus não tivessem participado no genocídio Arménio e cometido o genocídio de Amalek, como se os judeus não tivessem aberto as portas aos muçulmanos em 711, e não o fizessem ainda hoje...como se os judeus não tivessem sido expulsos de 110 países diferentes nas mais variadas épocas. como se os judeus não matassem crianças palestinianas quase todos os dias e não torturassem milhares de palestinianos e não só (libaneses, etc)
como se os judeus não tivessem feito o Lavon Affair, o US Cole, o USS Liberty, como se o Talmud não considerasse os gentios (goyim) como gado, animais, porcos, escravos, bestas, etc e não legitimasse roubo, matança, escravatura, pedofilia e sexo com crianças de 3 anos, etc, etc
como se não tivessem feito o ataque ao Hotel King David em 1946, como se não tivessem morto milhões na Revolução 'francesa' maçónica e nos anos subsequentes, como se não traficassem desproporcionadamente escravos negros no tempo dos impérios e das descobertas, como se israel não tivesse 400 ogivas nucleares, mais não-sei-quantas armas químicas e não ameaçasse a Europa constantemente com elas. como se não traficassem orgãos em israel, como se não prostituissem mulheres Europeias (sobretudo russas) em israel e não tivessem redes de prostituição infantil e juvenil, tráfico de orgãos, mutilação, etc, etc

como se tudo isto fosse mentira e nós 'odiassemos' os judeus apenas 'porque sim' e porque somos animais irracionais 'anti-semitas'...

João José Horta Nobre disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Thor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Reaccionário disse...

João Nobre e Thor,

Eliminei os vossos dois últimos comentários, uma vez que continham ataques pessoais nada desejáveis para este casa.

João Nobre,

Acusou-me de ser anti-semita e ter ódio aos judeus. Pedi-lhe que me provasse a sua acusação, mas não o fez. Teve também oportunidade de se redimir da acusação, caso viesse a constatar ser descabida, mas mais uma vez não o fez. Portanto, terei de tomar medidas mais sérias. Até que concretize a sua acusação, ou, a retire com as devidas desculpas, não será publicado mais nenhum comentário seu neste blogue.

João José Horta Nobre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reaccionário disse...

Abri uma excepção, e permite o mais recente comentário do João José Horta Nobre para expor, AOS OLHOS DE TODOS, a falsidade, a ignomínia e o fanatismo do referido historiador.

Thor disse...

caro reaccionário, não vi o referido comentário do 'Nobre', mas também não interessa.

vou-lhe ser muito franco e não vou estar aqui com meias tintas.

esta gente que defende os judeus são todos infiltrados neo-conservadores (neocons) que se fazem passar por 'nacionalistas'. alguns até sofrem de dupla personalidade.

são todos camaleões e mentirosos.

veja-se o exemplo do infame blogueiro 'Afonso de Portugal' que é um neocon sionista fanático, mas ao mesmo tempo é um dissimulado camaleão invertebrado por completo.

por exemplo, em diversos textos usou (e bem) a palavra 'holoconto' para se referir à fábula do dito holocausto judeu, para agora andar a trocar mensagens com esse 'historiador' João Nobre criticando e insultando os 'nazis' por negarem o tal holoconto e (cito) 'não reconhecerem os crimes dos seus ídolos'.

não há aqui a mínima coerência, verticalidade, honestidade. num dia usa-se o termo holoconto. no outro dia chama-se aos Nacional-Socialistas 'negadores do holocausto e dos crimes nazis'.

não é possível sequer interagir com esta gente, porque esta gente é invertebrada camaleónica. não acredita em coisa nenhuma. ou se acredita, dissimula as verdadeiras crenças e intenções, que todos já sabemos quais são.

reconheço humildemente que, de facto, usei insultos e por isso é óbvio que a censura do meu comentário foi merecida. mas o sangue de uma pessoa ferve perante tanta falsidade, incoerência, invertebralidade, calúnia, má-fé, etc

eu também podia chamar a estes 'neocons' de fanáticos negadores dos crimes anglo-americano-judaicos: Dresden, Hamburgo, Hiroshima, Nagasaki, Vietname, 11 de Setembro, Iraque, Afeganistão, só para citar os mais conhecidos...porque a lista é virtualmente infinita.

Reaccionário disse...

Parece que o João José Horta Nobre apagou o seu próprio comentário de 21 de Setembro de 2015 às 20:56. Possivelmente sentiu-se envergonhado por ter sido EXPOSTO publicamente. De facto, o dito historiador ficava muito mal visto, uma vez que mostrou ser movido por baixos instintos e uma enorme irracionalidade. Saliento ainda que o mesmo mostrou ter uma certa fixação sexual em ânus. Ou seja, estamos perante um desequilibrado em todos os sentidos.

Thor disse...

Reaccionário, e acha que este demente 'João Nobre' é o único desequilibrado?
esse é só mais um...

veja-se aqui por exemplo, um dos poucos comentários dele que não censurei:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2015/07/antes-e-depois.html

João José Horta Nobre disse...
A tua mãe é uma puta nazi.
5 de julho de 2015 às 13:05


noutro comentário, esse sim censurado por mim, desejava que eu levasse um tiro de canhão do Merkava (tanque israelita)

mas este desequilibrado não é o único.
veja-se por exemplo, o caso do neocon sionista trotskista 'Caturo' que para vender melhor as suas mentiras e propagandas, criou em 2009 o personagem chamado 'Afonso de Portugal', ligeiramente diferente, um tipo de neo-con menos liberal/marxista e mais conservador, mas 100% igual em tudo o resto.
não se deixe enganar por pseudo-diferenças entre eles, o neocon Breivik também apoia o movimento gay. há diferentes tipos de neocons e nuances. e o neocon é praticamente uma dissidência trotskista.

Thor disse...

encontrei um comentário já antigo do dito 'Afonso'/'Anti-ex-ariano', que na realidade é 'Caturo', no blog reverentia-lusa do prof. Humberto Nuno Oliveira:
http://reverentia-lusa.blogspot.nl/2011/08/nagasaki.html

o 'indivíduo' chama 'anti-americanismo' ao simples facto de se falar do genocídio de Nagasaki ou Hiroshima e diz que os pseudo-movimentos nacionalistas em crescendo estão alinhados a israel, e por isso não se deve criticar os EUA.

eu não conheço o dito 'Caturo' e o dito 'Afonso' há 2 dias como a maior parte de vocês, mas há 7 anos um, e 6 anos o 'outro'. e posso-lhe garantir que são o mesmo demente.
leio a escrita dele(s) e o(s) texto(s) dele(s) e cheguei à conclusão efectiva de que são o mesmo desequilibrado.
as frases são praticamente todas iguais, as palavras e termos também, com uma ou outra excepção. a linguagem e insultos também.
há uma série de termos que se forem 'googlados', a busca só vai dar ao 'Gladius' ou ao 'Totalitarismo Universalista'. e não a mais lado nenhum, com uma ou outra excepção.
podia fazer uma lista desses termos.
a personalidade é a mesma, a emotividade é exactamente igual, o sarcasmo e ironia a mesma, etc, etc

e eu não estou desconfiado desde há pouco tempo, mas sim desde 2010, quando acusei o 'Afonso' de imitar o 'Caturo' na escrita, ou mesmo até de ser ele.

se fosse só uma ou duas coincidências, ainda se podia admitir que não fossem o mesmo.
mas tantas ao mesmo tempo, é demais.

este indíviduo é claramente desequilibrado e perturbado.
eu e mais alguns, criticamos muitas coisas, mas ele só fica assanhado e irritado quando se toca nos judeus. quando se toca no resto, está tudo bem, é como se não fosse nada......à excepção de democracia, gays ou aborto, mas de uma forma muito mais ligeira do que quando se critica os judeus.
eu e mais 3 ou 4 somos constantemente insultados de anti-sionistas primários, teóricos da conspiração, nazionaliztaz, mentecaptos, autistas, etc, etc mas de uma forma completamente emocional e fanática.

a mania de fazer constantemente ironias com a mossad 'omnipresente' leva-me inclusivamente a desconfiar que o demente quer esconder alguma coisa de grave, através da táctica da infantilização e do 'com a verdade m'enganas'.

estive para deixar de me comunicar e interagir com ele há uns anos (em 2009), e acho que só não o fiz, porque infelizmente o desequilibrado, apesar de neocon sionista-trotskista, TEIMA em seguir uma linha editorial próxima do nacionalismo étnico.
ele não assume o que é, prefere a táctica cobarde de seguir uma linha editorial minimamente razoável, para assim chamar simpatizantes a este 'nacionalismo' travestido sionista.
e eu, como era mais ingénuo do que hoje, não deixei de ir lá mandar os meus bitaites.

eles insultam-nos, mas ao mesmo tempo também não querem assumir que somos de ideologias completamente distintas. fingem que somos apenas 'alas' diferentes, mas não somos.
somos ideologias opostas.
mas eles também não admitem isso, pois querem influenciar-nos e desviar-nos para a 'linha' deles. percebe Reaccionário? são tipo parasitas.
estes tipos é que são o nosso inimigo DIRECTO, não os comunas ou social-democratas.
por isso, não quero nada com esta escumalha, abri os olhos em relação a muita coisa nos últimos anos, que nem vou explicar aqui, senão o texto ainda ficava muito mais longo.

Reaccionário disse...

Muito obrigado pelo aviso e pela informação, que desconhecia.

Afonso de Portugal disse...

Caro Reaccionário,

As acusações proferidas pelo Bruno ("Thor") acerca de eu e o blogueiro Caturo sermos a mesma pessoa são pura e simplesmente falsas.

De resto, deixo a seu critério -e só a seu critério- julgar o meu trabalho como blogueiro, o meu carácter pessoal e a coerência minha posição ideológica.

Peço-lhe, ainda assim, que considere a seguinte pergunta: "porque haveria fulano de ir maldizer beltrano para o blogue de sicrano (sendo que beltrano e sicrano nem sequer se conhecem)?"

Cumprimentos!