27/01/2016

Homossexualismo não é norma, é desvio


Transcrição das legendas:
Eles não dizem que os gays perdem a vida 20-30 anos antes das pessoas normais. Eles ocupam-se activamente com a propaganda do seu estilo de vida. Aumentam as suas fileiras às custas de adolescentes ingénuos. Eles não falam sobre a velhice solitária dos gays. Ninguém precisa de um gay envelhecido. Eles falam de "liberdade", mas retiram das nossas crianças a liberdade de escolha, igualando a perversão à norma! Tolerância, liberdade... como nos falam dessas palavras! Mas onde estão os limites da liberdade? Dizem-nos que os pais podem ser do mesmo sexo. E se as pessoas preferem o sexo homossexual, porque não deixar que adoptem crianças? Eles também são pessoas, e isso não importa para as crianças.
E o que dizem os cientistas? O professor da Universidade do Texas, Mark Regnerus, iniciou as suas pesquisas ainda em 2010. E estes são os resultados: Uma em cada quatro crianças criadas por homossexuais tendem ao suicídio, doenças venéreas, e 60% enfrentam dificuldades na identificação da sua preferência sexual. Além disso, uma em cada três crianças criadas por duplas homossexuais foram sexualmente aliciadas. E é exactamente por isso que os gays querem que as crianças aceitem casais homossexuais. Eles precisam de crianças para saciar a sua sede! Estas são as estatísticas: 50% dos pedófilos são gays. Nos EUA, existe a associação de luta NAMBLA, ela milita a favor da legalização da pedofilia. Nesse país, os gays, como no resto do mundo, são 3%, mas eles cometem 30% dos crimes contra as crianças.
Na opinião dos cientistas, a região do cérebro responsável pela orientação sexual pode ser curada mais facilmente do que a responsável pelo alcoolismo. Mas eles não querem ser curados! Eles mentem ao dizer que são incuráveis. Eles mentem ao dizer que são normais! Pense bem sobre como eles estão em toda a parte nos média e nas profissões públicas. Tão grande que é a sua influência! Eles dizem que violam os seus direitos, mas essas são algumas publicações que propagandeiam o homossexualismo mensalmente. A primeira foi a revista Bolshoi Gorod, que anunciava uma "semana gay" nas suas páginas. A revista AFISHA trouxe até uma capa com a bandeira da comunidade gay. Trinta gays de Moscovo falam sobre como isso é importante e está na moda! A revista New Times chama uma vida pervertida entre homens de "amor".
Aqui mais alguns dados: Os gays representam quase 50% dos infectados com HIV. A probabilidade dos gays contraírem HIV é 4500 vezes superior às pessoas normais.
Antes de cantar a velha canção de que a tolerância à perversão é a nova moda, pense duas vezes. Você quer que o seu filho caia sobre a influência deles? Você quer que o nosso mundo se torne "tão civilizado" que pare de se reproduzir? O homossexualismo exalta a sua marcha, fazendo dela um sentido de vida. Aquilo que a natureza nos deu para continuar a espécie, agora apenas estimula fantasias de pervertidos? Estes valores coroarão a nossa civilização? Pense bem, enquanto não é tarde! Homossexualismo não é norma, é desvio!

2 comentários:

Anónimo disse...

Não vem ao caso, mas é interessante ...

"Rabino publicamente se gaba de serem os judeus os assassinos de São Cosme de Aetolia, um dos santos mais amplamente amado e adorado da Igreja Ortodoxa Grega":
http://hellenicvigilance.blogspot.gr/2015/08/rabbi-publicly-brags-about-jews.html

"Durante dezesseis anos, São Cosme estabeleceu muitas escolas de igrejas em aldeias e cidades. Ele chamou os cristãos a criação de escolas e aprender bíblico grego koiné, para que pudessem compreender as Escrituras melhor e, geralmente, educar-se."

"Um efeito de sua pregação era transferir a realização do bazar semanal (justo) de domingo a sábado, que trouxe econômica perdas para os judeus -. barrados pela sua religião de se envolver em negócios no sábado."
http://hellenicvigilance.blogspot.no/2014/12/the-jewish-plot-for-murder-of-saint.html

Cobalto

Anónimo disse...

Espero que tenham salvo o vídeo,Pois já foi excluído.